São Melquíades, Papa

Comemoração litúrgica: 16 de dezembro. Também nesta  data Santa Adelaide; Santa Albina, Santos Ananias e Misael

 

 

São Melquíades (Pontificado:  311 - 314)

Sucessor de  Santo Eusébio, São Melquíades era natural da África, assumindo  o trono pontifício  em Roma em 311.  Sofreu dura perseguição durante o governo de  Maximiano, sendo estes  talvez os anos do declínio  das perseguições implacáveis contra a Igreja de Cristo.  Tudo levava a  crer  que  São Melquíades  seria mais um Papa a  entrar no rol dos mártires, o que  não se confirmou. Pelo contrário,   teve  a oportunidade  de  presenciar a paz  que o imperador Constantino, recém convertido,  trouxe  à igreja e ao mundo em  312.    Morreu  quando a Igreja , portanto, já vivia tempos mais tranqüilos.  

Reflexões:

São Melquíades, nas mãos de Deus,  representou ser um instrumento  fortíssimo. Uma verdadeira coluna apoiada sobre duas  bases:  a da coragem em enfrentar a dura perseguição perpetrada contra seus  predecessores e contra si próprio;    e a sua atuação brilhante na pregação da paz, irradiada com tal  força  que  sufocou  com vigor as trevas  que tentavam inutilmente minar seu apostolado.   Era considerado por Santo Agostinho como "o verdadeiro filho da paz de Jesus  Cristo". 

                           *  *  *  *  *  *  *  *  *

   Ir para a Página Oriente      

   Ir para a história dos  Papas     

 Referência: Na luz Perpétua,  5ª.  ed., Pe. João Batista Lehmann, Editora Lar Católico - Juiz de Fora - Minas  Gerais,  1959.