Ir para a Página Oriente

 

 

 

  

                                                                                                                                               

 

     

 

Em 2005, foi promulgado em  nova redação o Catecismo da Igreja Católica, elaborado no Pontificado do Papa João Paulo II e promulgado em 28 de junho de 2005 no Pontificado do Papa Bento XVI e cujo compêndio foi enviado à todas as conferências episcopais do mundo. Os Cinco Mandamentos da Igreja em vigor são os seguintes:    

 

1 - Participar da Missa aos Domingos e outras festas de guarda, ficando livre de trabalhos e de

 atividades que pudessem impedir a santificação desses dias.

"A Igreja obriga os fiéis a participar da santa missa todo domingo e nas festas de preceito, e recomenda que dela se participe também nos outros dias". "Os cristãos santificam o domingo e outras festas de preceito participando da Eucaristia do Senhor e abstendo-se também daquelas atividades que impedem de prestar culto a Deus e perturbam a alegria própria do dia do Senhor ou o necessário descanso da mente e do corpo. São permitidas as atividades ligadas a necessidades familiares ou a serviços de grande utilidade social, desde que não criem hábitos prejudiciais à santificação do domingo, à vida de família e à saúde". (Itens 289 e 453)

 

2 - Confessar os próprios pecados, recebendo o Sacramento da Reconciliação, pelo menos uma vez ao ano. 



"O Senhor ressuscitado instituiu esse sacramento quando, na noite da Páscoa, apareceu aos seus Apóstolos e lhes disse: 'Recebei o Espírito Santo. A quem perdoardes os pecados, serão perdoados; a quem os retiverdes, serão retidos' (Jo 20, 22-23)". "O apelo de Cristo à conversão ressoa continuamente na vida dos batizados. Essa conversão é um compromisso contínuo para toda a Igreja, que é santa, mas reúne em seu seio os pecadores". "Devem-se confessar todos os pecados graves ainda não confessados de que alguém se lembra depois de um diligente exame de consciência. A confissão dos pecados graves é o único modo ordinário para obter o perdão" (Itens 298, 299 e 304).

 

 

3 - Receber o Sacramento da Eucaristia, pelo menos pela Páscoa.


"A Eucaristia é o banquete pascal, porquanto Cristo, ao realizar sacramentalmente a sua Páscoa, nos dá o seu Corpo e o seu Sangue, oferecidos como alimento e bebida, e nos une a si e entre nós no seu sacrifício". "A Igreja recomenda aos fiéis que participam da santa missa que recebam com as devidas disposições também a santa Comunhão, prescrevendo a obrigação de comungar pelo menos na Páscoa". (Itens 287 e 290).


 

4 - Abster-se de comer carne e observar o jejum nos dias estabelecidos pela Igreja. 

 


"A penitência se exprime de formas muito variadas, em particular com o jejum, a oração, a esmola. Essas e muitas outras formas de penitência podem ser praticadas na vida cotidiana do cristão, em particular no tempo da Quaresma e no dia penitencial da sexta-feira". (Item 301).

 

 

5 - Atender às necessidades materiais da Igreja, cada qual segundo as próprias possibilidades. 


 

 

Referência

                       Referência:  Compêndio do Catecismo da Igreja Católica - Edição Típica Vaticana;  revisada de acordo com o texto original em latim;  Edições Loyola. 

                      

-       Tópicos relacionados        -

Os Dez Mandamentos da Lei de Deus

Os Dez Mandamentos Comentado - conforme o Catecismo promulgado pelo Papa Bento XVI

 

Ir para a Página Oriente